Coluna do O Tempo - Feliz 2015!

28 Dec 2014

Estamos a poucos dias de 2015. Comecei a escrever uma crônica de retrospectiva anual, mas não deu tempo de terminar. Não deu tempo de terminar quase nada neste ano que passou, e eu nem vi. E agora o próximo já está chegando, e eu queria tanto que ele demorasse só mais um pouquinho, porque eu tenho um certo receio com os anos ímpares, já que os meus anos pares geralmente são melhores. E 2014, apesar da pressa, realmente foi muito bom pra mim... Consegui quase tudo que desejei.

 

Viajei demais. Passei por todas as regiões do Brasil e por seis países do exterior. Lancei um romance, um livro de crônicas e uma história em quadrinhos. Escrevi muito, mas menos do que deveria. Li bastante, mas menos do que eu gostaria. Fiz alguns amigos novos, ganhei muitos presentes, recebi milhares de cartas e e-mails. Amei demais. Chorei um pouco. Mas não posso me esquecer dos muitos sorrisos.

 

Este ano foi marcante. Teve Copa e teve eleição. Teve esperança de que tudo ia dar certo no final, mas descobrimos que certas coisas podem dar errado antes mesmo de terminar. Mas o que não acaba é a nossa esperança. Ainda bem, senão a gente poderia pular todo o ritual do réveillon, esquecer todas aquelas simpatias para atrair bons fluidos...

 

Leia o final na minha coluna do jornal O Tempo.

 

Tags:

Please reload

Últimas notícias

28 Aug 2019

17 Dec 2018

Please reload

Tags
Please reload

  • Facebook Vintage Stamp
  • Twitter Vintage Stamp
  • YouTube Vintage Stamp
  • Instagram Vintage Stamp