Retrospectiva 2017

31 Dec 2017

 

Antes de escrever a retrospectiva de 2017, dei uma lida nas retrospectivas passadas e percebi que eu sempre começo dizendo que ano passou muito rápido... Esse ano não foi diferente, mas acho que na verdade sou eu que cada vez acumulo mais funções e com isso não posso mais ficar apenas vendo o tempo passar... E as vezes isso faz falta. Mas acho que exatamente por essa razão, por uma necessidade de segurar os ponteiros do relógio, fiz com que esse ano fosse um pouco mais calmo pra mim. O ano anterior, 2016, foi um ano meio pesado, tanto que nem escrevi retrospectiva, só queria que ele terminasse logo. Já esse não... Gostaria de descobrir de repente que ainda tem mais alguns dias (ou meses) no calendário. Queria que ele ficasse mais. Aliás, queria que a paz que senti esse ano durasse um pouco mais.

 

Sim, paz. Não foi um ano muito intenso, não foi um ano de grandes emoções, mas eu estava precisando disso. De um período mais calmo, para recarregar a bateria, para energizar, para tomar fôlego para o próximo ano, que eu já sei que vai ser muito agitado...

 

Não que esse ano tenha sido parado, de jeito nenhum! Quer ver só?

 

Participei de 25 eventos literários, entre feiras, bienais e lançamentos! Encontrar os meus leitores continua sendo extremamente gratificante, certamente um dos melhores momentos do ano! 

 

Apesar de todos esses eventos, lancei apenas um livro (depois de anos lançando dois, três e até quatro), mas é que a 4ª Temporada de Minha vida fora de série merecia ser escrita com muita calma. Foram quase cinco meses escrevendo, vivendo os passos do Rodrigo, e acho que isso foi bom, foi um dos livros mais maduros que já escrevi. E o resultado é exatamente o meu maior motivo de orgulho esse ano... Ele já está há 16 semanas nas listas de mais vendidos, 4 meses inteiros integrando os 10 infanto-juvenis mais lidos no Brasil (e olha que nesse ano dominado por publicações da galera do YouTube, isso é um mérito ainda maior)!

 

Em 2017 eu também participei de mais uma feira internacional, a Feira do Livro de Buenos Aires! Foi emocionante encontrar meus leitores argentinos e saber que o quanto eles gostam dos meus “libros”.

 

Mas essa não foi a minha única viagem internacional do ano.

 

Em junho fui pra Bariloche, que eu ainda não conhecia, e adorei!

 

 

 

E também fiz questão de rever dois dos meus lugares preferidos do mundo:

 

Em novembro fui comemorar o aniversário de casamento em Orlando!

 

 

 

E em dezembro viajei para New York!

 

 

 

Infelizmente esse ano não li tanto quanto eu gostaria. Foram apenas 12 livros. O melhor foi “Quando eu parti”, da Gayle Forman. Aliás, ter conhecido a Gayle foi uma das coisas mais legais de 2017, eu pude entrevistá-la na Bienal do Rio e acabou surgindo uma amizade!

 

Vi 16 filmes, mas dei 5 estrelinhas para apenas dois: Antes que eu vá (eu amo o livro, é um dos meus preferidos e achei que o filme foi fiel) e Extraordinário (eu ainda não li o livro, mas agora quero ler o quanto antes!).

 

Neste ano acompanhei 4 séries. A que mais gostei foi Stranger Things!

 

Ah, não posso esquecer de algo muito marcante que aconteceu no começo do ano... O nascimento da Manu, minha sobrinha (na verdade ela é filha da minha prima, mas que considero com uma irmã). Ela veio pra animar mais ainda a família!

 

Realmente 2017 foi um ano bom para mim. Mas que venha 2018! Como eu disse, já sei que vai ser um ano muito agitado, muitos projetos vão se concretizar e sei que vou ter que praticamente me clonar para dar conta de tudo... Mas também já sei que no final o esforço vai recompensar! Tenho certeza que na retrospectiva do ano que vem vou ter muitas histórias para contar... 

 

Feliz Ano Novo pra vocês!

 

 

Please reload

Últimas notícias

28 Aug 2019

17 Dec 2018

Please reload

Tags
Please reload

  • Facebook Vintage Stamp
  • Twitter Vintage Stamp
  • YouTube Vintage Stamp
  • Instagram Vintage Stamp